4, v.1ENERNET: rede mundial existente, e livre mercado de EE (energia elétrica)Estimativa do consumo residencial de lenha em uma pequena comunidade rural do Município de São João D'Aliança - GO author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic event listing  

Encontro de Energia no Meio Rural



Abstract

LIBERMAN, Bernardo, BATISTA, Vicente Teixera and OCACIA, Gilnei Carvalho. Estimativa de velocidade média do vento a partir de dados de estações meteorológicas com três registros diários. In Procedings of the 4th Encontro de Energia no Meio Rural, 2002, Campinas (SP) [online]. 2002 [cited 21 January 2022]. Available from: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000022002000100066&lng=en&nrm=iso> .

No Rio Grande do Sul há uma rede de 22 estações meteorológicas agrícolas, apresentando longas séries históricas de dados climatológicos, como direção e velocidade do vento, com registros diários às 9, às 15 e às 21 horas. A estimativa da velocidade média de vento local, mensal, trimestral ou anual, realizada a partir desses dados, leva a valores superestimados pois nenhuma destas medidas é realizada na madrugada, quando a velocidade média do vento tem menor intensidade. Para minimizar esse erro, propõem-se um método de estimar a velocidade média local a partir da estimativa da velocidade às três horas da manhã, considerando-se os gradientes entre 15 e 21 horas e entre 15 e 09 horas. Considera-se a velocidade média como uma combinação dos valores obtidos pela duas projeções, sendo a contribuição do primeiro valor igual a α (entre 0 e 1) e, do segundo, 1- α. O método, aplicado à planície costeira do RS, foi validado com a utilização de dez estações anemológicas. Nesta região, utilizando-se α igual a 0,5 os resultados foram bons. Para valores da velocidade média anual, o erro médio foi de 1,7%, o erro mínimo de 0,5% e o erro máximo de 3,6%, enquanto o erro médio, apresentado pelo uso da média aritmética apenas das medidas nos três horários das séries históricas, foi de 6,8%, sendo o erro mínimo de 2,6% e o erro máximo, de 9,7%. Para períodos trimestrais e mensais, o método também apresenta bons resultados, porém não é adequado para cálculo de médias diárias.

Keywords : Velocidade do vento; planície costeira; energia eólica.

        · abstract in english     · text in portuguese     · pdf in portuguese