4, v.2Viabilidade financeira de unidade produtora de biocombustível na região Ilhéus-Itabuna, Bahia author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic event listing  

Encontro de Energia no Meio Rural



Abstract

SANINO, Adriana, CORTEZ, Luís Augusto Barbosa and MEDEROS, Bárbara Teruel. Vida de prateleira do tomate (Lycopersicum esculentum), variedade "Débora", submetido a diferentes condições de resfriamento. In Procedings of the 4th Encontro de Energia no Meio Rural, 2002, Campinas (SP) [online]. 2002 [cited 22 May 2024]. Available from: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000022002000200068&lng=en&nrm=iso> .

O tomate (Lycopersicum esculentum), assim como as demais hortaliças, representa uma importante fonte de nutrientes indispensáveis para o homem. Inúmeras são as variedades que atendem as mais diferentes demandas, desde as variedades industriais, representadas por uma maior parcela, até as variedades de mesa. Atualmente, nas condições brasileiras de comercialização, todas as variedades apresentam um traço comum, já que em nenhum caso se procede ao beneficiamento em termos de aumentar a vida útil ou de prateleira, no caso de tomates para consumo in natura. Em outras palavras, a comercialização do tomate não prevê, nas condições do Brasil, nenhum tratamento adicional para sua conservação pós-colheita, como por exemplo o uso de refrigeração. Este tipo de comercialização ocasiona muitas perdas, tanto na quantidade como na qualidade do produto. Acredita-se que a manutenção das características de qualidade de um produto selecionado só é possível com o uso de refrigeração, entre outros tratamentos pós-colheita, a fim de prolongar a sua vida útil ou de prateleira. Nesse sentido, pretende-se estudar as melhores condições de refrigeração para a cultivar de tomate "Débora", cujos frutos serão avaliados, numa primeira etapa, comparando-se o armazenamento em câmara frigorífica (room cooling) com o resfriamento rápido com ar forçado (forced air-cooling), através de parâmetros obtidos a partir de análises físico-químicas. Como o tomate está no grupo das hortaliças sensíveis ao frio, porém se realizará também, numa segunda etapa, um tratamento de aquecimento intermitente, com o objetivo de se diminuir os danos causados pelas baixas temperaturas de armazenagem. Espera-se que, com os tratamentos que serão aplicados aos frutos, se consiga prolongar o tempo de vida útil da variedade selecionada, visando a melhor manutenção da qualidade do produto.

Keywords : Resfriamento rápido; armazenamento; aquecimento intermitente; qualidade pós-colheita.

        · abstract in english     · text in portuguese     · pdf in portuguese