5, v.2Energy use and sustainability in hay production in a intensive system of milk productionUso do caroço de açaí como possibilidade de desenvolvimento sustentável do meio rural, da agricultura familiar e de eletrificação rural no Estado do Pará author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic event listing  

Encontro de Energia no Meio Rural



Abstract

CAMPOS, Alessandro Torres, SAGLIETTI, José Roberto Corrêa, CAMPOS, Aloísio Torres de et al. Uso de energia em construção rural. In Procedings of the 5th Encontro de Energia no Meio Rural, 2004, Campinas (SP) [online]. 2004 [cited 19 May 2024]. Available from: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000022004000200062&lng=en&nrm=iso> .

O estudo da energia empregada em sistemas agrícolas, seus fluxos, distribuição e conversão constituem importante instrumental para avaliação da sustentabilidade destes sistemas; principalmente tendo-se em conta a atual crise nos setores energéticos. Este procedimento possibilita a determinação dos processos, materiais e equipamentos de maior consumo energético, indicando opções de economia. Uma das principais carências que se percebe na literatura é a falta de informações acerca dos consumos energéticos para construções e instalações utilizadas nos diversos processos produtivos agrícolas no Brasil. O trabalho teve como objetivo realizar uma estimativa da energia envolvida na construção de uma instalação rural no Sistema Intensivo de Produção de Leite da Embrapa Gado de Leite, em Coronel Pacheco-MG. Para o desenvolvimento do trabalho utilizou-se os coeficientes energéticos levantados pela Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais (CETEC). Com os resultados obtidos pôde-se observar que o índice energético por área de construção diferenciou bastante daqueles apresentados pela literatura, sendo encontrados valores de 587,09 MJ.m-2, quando se relaciona a área total e 622,23 MJ.m-2, quando se relaciona a área útil para a capacidade estática de armazenagem de feno. O item de maior consumo energético para o tipo de construção rural analisado foi a parede de alvenaria (3,18 kJ.m-2), contribuindo com 46,77% do total de energia empregada na construção do galpão. A estrutura de cobertura, mesmo considerando incluídos os elementos de sustentação, como pilares, apresentou baixo consumo energético (50,35% do total de energia empregada). A metodologia empregada confirmou sua utilidade para a determinação de materiais e processos poupadores de energia, do ponto de vista ecológico.

Keywords : Construções rurais; balanço de energia; materiais de construção.

        · abstract in english     · text in portuguese     · pdf in portuguese