6A escrita no ensino de inglês para adolescentes em escolas particulares de língua estrangeiraInclusão escolar e acompanhamento terapêutico: possibilidade ou entrave? author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic event listing  

Psicanálise, Educação e Transmissão


On-line ISBN 978-85-60944-08-8

Abstract

FONTES, Ana Maria Moraes. Escola e violência.. In: PSICANALISE, EDUCACAO E TRANSMISSAO, 6., 2006, São Paulo. Proceedings online... Available from: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000032006000100016&lng=en&nrm=abn>. Acess on: 12 July. 2024.

Esta pesquisa teve início a partir de uma solicitação para que se pensasse sobre a situação na qual se encontrava um significativo número de escolas da periferia de Juiz de Fora (MG). Uma situação de marcada violência provocada, em geral, por grupos rivais (gangues), que se enfrentavam dentro e fora das escolas. O que verificamos no contato com as duas escolas participantes da pesquisa foi que a indisciplina era apontada pelos professores e educadores como a forma de violência que mais causava incômodo e transtornos (mais do que a atuação das gangues), já que comprometia todo o trabalho de ensino. As entrevistas com os professores mostraram o que Debarbieux (2001) chamou "de um novo padrão de sociabilidade marcada pela falta de respeito e pela prática de microdelinqüências". Não restam dúvidas que estamos convivendo com um novo sistema social que organiza os laços de tal modo que, professores e educadores não sabem, simplesmente, o que fazer quando a questão a ser tratada é a indisciplina de seus alunos. Assim ouvimos de uma coordenadora "Dizem que temos que pôr limites. Mas eu não sei mais o que é limite!"

Keywords : violência; autoridade; escola.

        · text in portuguese