6Educação primordial, transmissão simbólica e advento do sujeitoDiversidade e adversidades na escola: queixas de professores frente à educação inclusiva author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic event listing  

Psicanálise, Educação e Transmissão


On-line ISBN 978-85-60944-08-8

Abstract

MANZANO, Cinthia Soares and PINTO, Fernanda de Sousa e Castro Noya. A entrada na creche: a chegada dos bebês e suas vicissitudes.. In: PSICANALISE, EDUCACAO E TRANSMISSAO, 6., 2006, São Paulo. Proceedings online... Available from: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000032006000100025&lng=en&nrm=abn>. Acess on: 23 June. 2024.

O trabalho procura apresentar reflexões a respeito da entrada dos bebês na creche, um lugar social por excelência, suscitadas a partir da experiência de duas educadoras da Creche e Pré-escola Central da USP. Buscamos fazer uma interlocução entre leituras atravessadas por saberes da psicanálise e da pedagogia ao trabalhar com questões relacionadas ao processo denominado "adaptação" - que corresponde à entrada e ao período inicial da criança na creche. A partir de observações e da participação direta nas chamadas "adaptações", procuramos discutir um dos problemas que emergem com maior evidência nas vicissitudes desse processo. Trata-se da importância, da entrada da criança em um lugar social. Isto é, o bebê, ou a criança muito pequena, encontra-se em um momento de constituição subjetiva muito específico e relevante para sua condição de sujeito, e a entrada na creche, enquanto espaço público, convida a pensarmos sobre como a instituição pode responder e contribuir para a facilitação desse processo singular em meio à universalidade, ao coletivo. A creche se coloca como um espaço de transição entre o privado (universo familiar) e o público, ainda que a instituição escolar preserve suas especificidades e sua dinâmica própria. O primeiro momento das crianças na instituição com características escolares, especialmente no caso da creche, em que entram tão pequenas, faz surgir conflitos no cotidiano, entre os diferentes responsáveis pela educação, o que, por sua vez, nos leva a pensar em questões importantes: singular e universal, público e privado, igualdade e diferença.

Keywords : creches; adaptação; psicanálise e educação.

        · text in portuguese