9Família e vida escolar de adolescentesO conhecimento e o saber na psicose infantil índice de autoresíndice de materiabúsqueda de trabajos
Home Pagelista alfabética de eventos  

Retratos do mal - estar comtemporâneo na educação


ISBN 978-85-60944-35-4 versión on-line

Resumen

FIDELIS, Kaio Adriano Batista y PEREIRA, Marcelo Ricardo. Os imperativos da contemporaneidade e o não-lugar da adolescência. In Anales del 9 Retratos do mal - estar comtemporâneo na educação, 2012, São Paulo, São Paulo, São Paulo (SPSPSP, Brasil) [online]. 2012 [citado 12 Abril 2021]. Disponible en: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000032012000100033&lng=es&nrm=iso> .

Em entrevista concedida a Revista Percurso, o psicanalista Jean-Jacques Rassial refere-se a não aceitação dos estudos da adolescência pela psicanálise no passado, e a recusa de algumas escolas psicanalíticas ao seu projeto sobre o tema. Nos últimos tempos, a pesquisa sobre a adolescência ganhou grande atenção no campo psicanalítico, mas a adolescência em si e o adolescente continuam numa espécie de não-lugar, assim como as investigações de Rassial sobre o tema, no início dos anos 80. Relegados mais a uma condição ou fase transitória do que a uma fase temporal, negados o lugar infantil e também a posição de adulto, esses sujeitos não se localizam fixamente, privados das características sólidas e seguras que a infância e a adultez oferecem. Ao mesmo tempo, na sociedade contemporânea, a juventude e, por consequência, a adolescência ganharam um espaço privilegiado, estendendo-se cada vez mais. O ideal cultural que nos incute o auge da vida contemporânea associado à produtividade, performatividade, renovação, tem constrangido a todos uma juventude indispensável. O trabalho pretende fazer uma interlocução entre esses imperativos e a forma como o adolescente se vê preso a um corpo novo e desconhecido e a ideais e identificações diferentes da infância. Nessa instabilidade, consideram-se respostas transitórias, limítrofes e até mesmo sintomáticas, e inerentemente contemporâneas.

        · texto en portugués     · pdf en portugués