9Os imperativos da contemporaneidade e o não-lugar da adolescênciaAs contribuições de Jacques Lacan sobre a forma de tratamento empregada por Melanie Klein no Caso Dick índice de autoresíndice de materiabúsqueda de trabajos
Home Pagelista alfabética de eventos  

Retratos do mal - estar comtemporâneo na educação


ISBN 978-85-60944-35-4 versión on-line

Resumen

KISIL, Izabel Ramos de Abreu. O conhecimento e o saber na psicose infantil. In Anales del 9 Retratos do mal - estar comtemporâneo na educação, 2012, São Paulo, São Paulo, São Paulo (SPSPSP, Brasil) [online]. 2012 [citado 12 Abril 2021]. Disponible en: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000032012000100034&lng=es&nrm=iso> .

Em psicanálise há uma diferença entre as noções de conhecimento e saber. Como entender a produção de conhecimento e de saber na psicose, isto é, em sujeitos que não com contam com o saber sobre a castração? A partir da experiência clínica como analista e acompanhante terapêutica de dois garotos psicóticos buscamos refletir sobre as particularidades da construção de conhecimento na psicose infantil. Percebemos que o conhecimento se constrói por meio das pesquisas que realizam na companhia de um Outro que suporta "não saber". Esse conhecimento particular que produzem, por estar fora da lógica fálica, muitas vezes, não permite um enlace social. No entanto, serve a este sujeito como uma certeza que o protege de Outro invasivo, permitindo ele produzir um saber sobre si. A partir disso, levantamos questões a respeito das necessidades educativas especiais dos psicóticos e das possibilidades e limites da inclusão escolar, considerando o estudo a respeito da construção de conhecimento destes garotos.

        · texto en portugués     · pdf en portugués