2"Um outro mundo é possível?" Algumas reflexões analíticas sobre os adolescentes, seus cuidadores e o mundo em que vivemos author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic event listing  

Simpósio Internacional do Adolescente



Abstract

MARCOLA, Maria Alzira and MARQUES, Cristianne Spirandeli. A porta de entrada para o atendimento clínico na instituição pública: adolescentes repletos de querer, mas nem tanto assim. In Proceedings of the 1th Simpósio Internacional do Adolescente, 2005, São Paulo (SP) [online]. 2005 [cited 23 May 2022]. Available from: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000082005000200045&lng=en&nrm=iso> .

O presente trabalho advém de reflexões sobre as entrevistas preliminares no atendimento a estudantes de graduação e pós-graduação da Universidade Federal de Uberlândia. Tal atendimento é feito pelo Setor de Apoio e Orientação Psicopedagógica - SEAPS, que tem por objetivo promover ações clínicas que favoreçam o desenvolvimento das potencialidades dos jovens que nos procuram. Em seu texto, Sobre o Início do Tratamento, Freud nos diz para exercermos o que denominou de ‘tratamento de ensaio’, momento este que se tentará deixar à vista o sofrimento e o desejo do paciente por meio da retificação subjetiva. O estudo atual tem por finalidade refletir a qualidade do investimento e do desinvestimento dos jovens/adolescentes que buscam o setor, impulsionados a princípio por uma tensão desagradável. Esta busca estaria a serviço apenas do alívio de tensão, ou ainda haveriam outras demandas ali incluídas? Partindo de algumas reflexões, tomamos em consideração as especificidades das formas instituídas no SEAPS e também das não instituídas, mas vividas, onde nos percebemos transitando por uma cultura engendrada na instituição sem perder de vista porém, a singularidade do sujeito, observando assim uma prática da Psicanálise fora de sua costumeira casa - a clínica padrão. Neste trabalho voltamos nossa atenção para uma modalidade instituída, o Plantão-Recepção, que é "a porta de entrada" para o possível atendimento. O caminho seguido nos proporcionou observar que ao nos emprestarmos a uma escuta ensaística, daquele que se apresenta ávido de querer, nos deparamos com formas específicas deste sujeito, até então desconhecidas para ele e para nós.

Keywords : estudante; adolescente; institucional; práticas clínicas; entrevistas preliminares; psicanálise.

        · text in portuguese