4, v.1Youth, non-governmental organization and social and educational voluntary action: objectivity and subjectivity, adaptation and transformationA função social da fisioterapia no tratamento de mulheres mastectomizadas author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic event listing  

IV Congresso Internacional de Pedagogia Social



Abstract

SANTOS, Divina de Fátima dos and SILVEIRA, Nadia Dumara Ruiz. Relações intergeracionais: compartilhando palavras escritas. In Proceedings of the 4th. Congresso Internacional de Pedagogia Social IV Congresso Internacional de Pedagogia Social, 2012, São Paulo (SP, Brazil) [online]. 2012 [cited 25 February 2021]. Available from: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000092012000100018&lng=en&nrm=iso> .

Este trabalho resultou da realização de um estudo sobre o conteúdo de cartas, utilizadas como forma de comunicação entre idosos e crianças, visando verificar a forma de interação vivenciada entre eles e a identificar os significados desta troca. Trata-se de uma pesquisa qualitativa baseada em entrevistas com idosos e nos dados coletados das cartas escritas por estudantes do curso da EJA (Educação de Jovens e Adultos) com idades variando entre 18 e 72 anos em fase de alfabetização e pelas crianças do ensino regular com idades entre 8 e 10 anos que frequentam uma das unidades da rede SESI-SP - Serviço Social da Indústria de São Paulo. A troca de cartas entre os estudantes ocorreu no período de 2008 e 2009. Foram selecionados 12 alunos como sujeitos da pesquisa, sendo seis idosos na condição de avós, com seus respectivos correspondentes, as seis crianças. Os assuntos abordados nas cartas deram abertura para inúmeras discussões. Os dados foram analisados e apresentados tendo como referência temas como: religiosidade, sonhos, as palavras certas, o mundo do trabalho e a aposentadoria, a alteridade, a comunicação pictográfica e por símbolos e a troca de olhares, todos igualmente envolventes, pois provocaram reflexões tanto por parte das crianças quanto por parte dos idosos.  A análise dos dados, além de permitir a caracterização dos sujeitos envolvidos, aponta que a troca de cartas promove a interação dos estudantes e favorece o processo de mudança de atitudes e de construção de valores éticos importantes na vida escolar, familiar e social tanto dos idosos quanto das crianças participantes. As alterações ocorridas por meio dessas vivências podem propiciar ou facilitar um convívio mais saudável entre diferentes gerações no âmbito da escola e nos mais diferentes espaços sociais da vida cotidiana.

Keywords : Relações Intergeracionais; Cartas e Comunicação; Coeducação entre gerações; Infância e Velhice.

        · abstract in english     · text in portuguese     · pdf in portuguese