4, v.1Educational theory and disadvantaged youth - Criticizing social pedagogy in vocational educationO sentido do dever e o direito da criança e do adolescente author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic event listing  

IV Congresso Internacional de Pedagogia Social



Abstract

ARAUJO, Éder Ferreira de, ROSEMBAUM, Ana Caroline, ARRUDA, Ariella Fernanda et al. Vulnerabilidade  na saúde sexual e reprodutiva de  adolescentes. In Proceedings of the 4th. Congresso Internacional de Pedagogia Social IV Congresso Internacional de Pedagogia Social, 2012, São Paulo (SP, Brazil) [online]. 2012 [cited 03 March 2021]. Available from: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000092012000100021&lng=en&nrm=iso> .

No presente estudo de natureza qualitativa, objetivamos levantar as necessidades de aprendizagem na saúde sexual e reprodutiva de um grupo de adolescentes. Trabalhamos com vinte e um sujeitos, de ambos os sexos e com idades entre quinze e dezessete anos. O cenário do estudo foi o CRASE (Coração de Mãe) no município de Três Lagoas, com alunos matriculados no projeto ProJovem Adolescentes. Os dados foram coletados por meio de entrevistas e observação participante. A análise dos dados foi desenvolvida à luz do referencial da educação conscientizadora. Os resultados apontaram cinco temas geradores, sendo eles: conflitos e dificuldades no adolescer, falhas no esclarecimento de dúvidas sobre sexualidade, pressão dos pares para ficar e para transar, iniciação sexual precoce e risco de contrair DSTs e HIV/AIDS. As interpretações das falas mais significativas dos adolescentes permitiram considerar que é necessário trabalhar a autoestima e os conflitos psicológicos; que os pais/responsáveis, profissionais da educação e profissionais da saúde precisam se unir e responsabilizarem-se pela saúde sexual e reprodutiva destes; que apesar da socialização do adolescente ser necessária, é fundamental também o monitoramento para que os pares não exerçam influência na sexualidade destes; a iniciação precoce expõe à vulnerabilidades pela falta de experiência e imaturidade, o que requer educação sexual mais precoce também; o risco as DSTs e HIV/AIDS são evidentes, e apesar do conhecimento destes sobre a AIDS, eles ainda têm dúvidas sobre questões básicas. No entanto, é necessário criar estratégias educativas para a prevenção de agravos na saúde sexual e reprodutiva desses adolescentes. Partindo das necessidades de aprendizagem dos sujeitos, realizamos um processo educativo, com o foco no diálogo, na troca de experiências em grupo, e troca de saberes, influenciando na conscientização, para que os adolescentes possam exercer sua sexualidade livre de riscos. Ressalvamos ainda no que tange à educação sexual e reprodução, haver um longo caminho a ser percorrido, visto que esse grupo é apenas uma amostra, dos muitos adolescentes que precisam de orientação.

Keywords : Aprendizagem; Sexualidade; Adolescente.

        · abstract in english     · text in portuguese     · pdf in portuguese