4, v.2Inserção no mundo do trabalho: percepção do adolescente do ensino médioConstruindo uma pedagogia social de cuidado à criança ação socioeducativa com graduandos author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic event listing  

Congresso Internacional de Pedagogia Social



Abstract

LEME, Maria Cecilia Garcez. Pedagogia social crítica e teologias da libertação: caminhos que se encontram na práxis latino-americana. In Proceedings of the 4th.Congresso Internacional de Pedagogia Social Congresso Internacional de Pedagogia Social, 2012, São Paulo (SP, Brazil) [online]. 2012 [cited 18 May 2024]. Available from: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000092012000200007&lng=en&nrm=iso> .

Nesta reflexão busco visibilizar alguns pontos de convergência entre a pedagogia social crítica e as teologias da libertação na América Latina, ressaltando a contribuição epistemológica e metodológica de Paulo Freire. A partir da década de 1960 acentua-se e se evidencia no continente latino-americano um processo de institucionalização da violência liberal conservadora, o que provocou profundas e rápidas transformações, principalmente de caráter social, político e cultural. Esse contexto gerou o surgimento de práticas pedagógicas sociais críticas como metodologias alternativas às práticas tradicionais de educação. Os fundamentos epistemológicos clássicos da pedagogia, as grandes linhas educativas, as diferentes perspectivas e formas de perceber a realidade do processo de ensino-aprendizagem existente já não davam conta de explicar a prática educativa latino-americana e, muito menos, ofereciam subsídios para sua transformação e adequação às novas realidades e necessidades contextuais. Dentre outras áreas do conhecimento, também a teologia foi fortemente influenciada por essas transformações e, ao mesmo tempo, influenciou e provocou mudanças contextuais significativas. É importante ressaltar que o conceito de educação libertadora, amplamente estudado e desenvolvido por Paulo Freire, interferiu de forma determinante nas reflexões teológicas e práticas cristãs no continente, tanto nas instituições eclesiais - pastorais, comunidades de base, congregações religiosas -, como também nos movimentos sociais que lutavam por transformações estruturais mais amplas e que, ainda que não estivessem diretamente vinculados a grupos eclesiais específicos, desenvolviam uma mística própria que inspirava sua atuação e luta. Enfatizar a relação entre a pedagogia social crítica e as teologias da libertação supõe revisar seus pressupostos teóricos e seus fundamentos históricos, assim como suas práticas e opções metodológicas para ver de que maneira essas disciplinas se encontram e interferem nos cenários sócio-culturais latino-americanos.

Keywords : Pedagogia Social Crítica; Teologias da Libertação; Pedagogia da Libertação; Paulo Freire.

        · abstract in english     · text in portuguese     · pdf in portuguese