3, v.2Da cibersegurança à ciberdefesa Americana: a diplomacia da internet como instrumento de proteção e de integração dos estados da OEAAtivismo partidário internacional como forma de intervir nas relações inter-estatais: algumas influências na construção da união de nações sul-americanas (Unasul) author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic event listing  

3° Encontro Nacional ABRI 2011


Print ISBN 2236-7381

Abstract

PAGLIARI, Graciela De Conti. Segurança na América do Sul: problemas e atores. In Proceedings of the 3rd ENABRI 2011 3° Encontro Nacional ABRI 2011, 2011, São Paulo (SP, Brazil) [online]. 2011 [cited 23 May 2022]. Available from: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000122011000200018&lng=en&nrm=iso> .

Embora haja uma baixa ocorrência de guerras interestatais na América do Sul, não estão ausentes situações conflitivas tendo em vista os desafios que se apresentam para os países: as dificuldades que os mesmos têm em conciliar objetivos, visões e estratégias. Ainda que os Estados busquem resolver suas disputas por meio da diplomacia, persiste a ameaça do uso da força e a retomada, por alguns países, de um processo de aquisição de material bélico. A tais circunstâncias, somam-se outras dinâmicas cujos efeitos são potencializados pelas condicionalidades internas desses Estados. Nesse sentido, considerando-se o quadro contemporâneo de desafios que se apresentam para os países sul-americanos, o objetivo do trabalho é refletir sobre suas dinâmicas conflitivas e a atuação do Brasil neste contexto, enquanto relevante ator regional. As reflexões consideram a manutenção de percepções tradicionais de ameaça - atentando para os desafios que a sua persistência atribui ao desenvolvimento de relações de cooperação multilateral - e o temor das novas ameaças, cujos efeitos para os países são distintos.

Keywords : segurança; América do Sul; cooperação regional.

        · text in portuguese     · pdf in portuguese