3, v.2Avanços e empecilhos na governança globalAs relações econômicas entre Índia e Brasil: trajetória e perspectivas author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic event listing  

3° Encontro Nacional ABRI 2011


Print ISBN 2236-7381

Abstract

ARAUJO, Izabela Viana de. A governança global e a atuação das redes internacionais de cidades. In Proceedings of the 3rd ENABRI 2011 3° Encontro Nacional ABRI 2011, 2011, São Paulo (SP, Brazil) [online]. 2011 [cited 16 January 2022]. Available from: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000122011000200031&lng=en&nrm=iso> .

A governança global vem possibilitando a atuação de uma nova gama de atores que está alterando as relações internacionais ao descentralizar o poder antes exclusivo dos Estados soberanos. A cidade representa um desses novos atores e sua atuação em redes, que une diversos municípios do mundo inteiro em grupos com interesses comuns, vem adquirindo grande destaque no cenário internacional. A atuação das redes de cidades e sua relevância na compreensão do fenômeno da governança global, além de sua influência neste, são os temas deste trabalho. Através de uma análise teórica detalhada dessas redes, definimos o seu papel e analisamos sua contribuição para o enriquecimento e a maturação do processo de governança global. Concluímos que as redes são uma forma de governança - devido à maneira em que são organizadas - ao mesmo tempo em que estão inseridas num contexto de governança global, que as aceita e estimula. Sua presença prova a existência desse fenômeno e demonstra uma nova forma de atuação composta por atores antes excluídos do cenário internacional. As redes de cidades representam a nova realidade mundial e refletem em suas próprias estruturas os inovadores modos de pensar e de interagir característicos da governança global.

Keywords : governança global; redes de cidades; atores subnacionais.

        · text in portuguese     · pdf in portuguese