3, v.2A assistência oficial para o desenvolvimento na política externa japonesaAjuda ou estorvo? Respostas americanas à postura mais assertiva do Brasil nas políticas externas governança global e novos atores author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic event listing  

3° Encontro Nacional ABRI 2011


Print ISBN 2236-7381

Abstract

ARAGUSUKU, Juliano Akira de Souza. Segurança humana, ajuda externa e política externa japonesa. In Proceedings of the 3rd ENABRI 2011 3° Encontro Nacional ABRI 2011, 2011, São Paulo (SP, Brazil) [online]. 2011 [cited 19 January 2022]. Available from: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000122011000200043&lng=en&nrm=iso> .

A promoção da segurança humana no plano internacional é utilizada pelo Japão e instrumentalizada de acordo com a lógica de uma postura pacifista, calcada em uma política externa de cooperação entre as nações. Nesse âmbito, a Assistência Oficial para o Desenvolvimento (ODA) é uma ferramenta de grande importância, com ênfase no conceito de segurança humana. Dessa forma, qual a finalidade da promoção da segurança humana? E qual a finalidade da oferta de ajuda externa no âmbito da segurança humana? Não trabalhamos aqui com a hipótese de que o Japão promove a segurança humana e fornece ajuda externa em razão de uma postura altruísta. Existem motivações e interesses que sustentam essa linha de atuação na sua política externa. Porém, essas motivações e interesses não são claros, o que proporciona a sensação de benevolência e altruísmo. O objetivo deste trabalho consiste em identificar essas motivações, que acabam por fazer do Japão um grande entusiasta da segurança humana nas relações internacionais.

Keywords : Ajuda externa; segurança humana; política externa japonesa.

        · text in portuguese     · pdf in portuguese