3, v.3A reforma do conselho de segurança: uma questão de legitimidade e autoridadeAnálise semiótico-pragmática comparada das Políticas de Defesa Nacional Brasileiras (1996 e 2005) índice de autoresíndice de materiabúsqueda de trabajos
Home Pagelista alfabética de eventos  

3° Encontro Nacional ABRI 2011


ISBN 2236-7381 versión impresa

Resumen

MATTAR, Marina Rocchi Martins. Deslocamentos ambientais: o caso dos pequenos países insulares. In Anales del 3° ENABRI 2011 3° Encontro Nacional ABRI 2011, 2011, São Paulo (SP, Brasil) [online]. 2011 [citado 22 Junio 2024]. Disponible en: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000122011000300023&lng=es&nrm=iso> .

O deslocamento humano causado por efeitos climáticos adversos é, e tem sido por muito tempo, uma estratégia natural de adaptação à variação do meio ambiente. Contudo, a freqüência de desastres naturais e o impacto negativo da mudança climática têm aumentado consideravelmente afetando um número cada vez maior de pessoas. Tensões internas e externas causadas por deslocamentos em larga escala, além de conflitos originados pela escassez de recursos, aumento da proliferação de doenças e o reordenamento geopolítico são algumas das possíveis conseqüências encadeadas por este fenômeno. O caso dos pequenos países insulares que desaparecerão com o aumento do nível do mar é um exemplo extremo que gera fascinantes questões. O presente artigo busca analisar a relação da mudança climática com as dinâmicas de migração e explorará implicações políticas jurídicas e possíveis soluções, em especial, nos casos das populações de pequenos países insulares.

Palabras llave : Deslocamento Humano; Mudança Climática; Pequenas Nações Insulares; Apatrídia.

        · resumen en inglés     · texto en portugués     · pdf en portugués