3, v.3O CEBRI e o governo FHC: uma abordagem da influência dos Think Tanks na política externa brasileiraO Brasil e o sistema internacional de cooperação para o desenvolvimento: limites e perspectivas para inserção e reforma índice de autoresíndice de materiabúsqueda de trabajos
Home Pagelista alfabética de eventos  

3° Encontro Nacional ABRI 2011


ISBN 2236-7381 versión impresa

Resumen

VALDEZ, Robson Coelho Cardoch. A atuação do BNDES como agente indutor da inserção comercial do Brasil no governo Lula. In Anales del 3° ENABRI 2011 3° Encontro Nacional ABRI 2011, 2011, São Paulo (SP, Brasil) [online]. 2011 [citado 16 Junio 2024]. Disponible en: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000122011000300041&lng=es&nrm=iso> .

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) teve um papel importante na promoção das exportações brasileiras e na internacionalização de empresas nacionais durante o Governo Lula. Assim, o país apresentou aumentos consistentes nos saldos da balança comercial brasileira e no número de empresas nacionais que passaram a atuar no mercado internacional. Nesse sentido, o trabalho busca rastrear a atuação do BNDES como agente indutor da inserção comercial do Brasil no Governo Lula, levando-se em consideração a prioridade que este governo deu à América do Sul no contexto de sua política externa. Antes de aprofundar-se no tema, o trabalho apresenta um breve antecedente histórico do BNDES com o propósito de contextualizar a atuação do Banco no Governo Lula.

Palabras llave : Política Externa; Governo Lula; BNDES; América do Sul.

        · texto en portugués     · pdf en portugués