3, v.3Temas socioambientais, cooperação internacional e sustentabilidade: as perspectivas das relações entre território-poder no século XXIDireitos humanos e direito internacional dos refugiados: uma relação de complementaridade author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic event listing  

3° Encontro Nacional ABRI 2011


Print ISBN 2236-7381

Abstract

SANTOS, Diego and TEIXEIRA, Tatiana. A (des)governança norte-americana e seu impacto na governança global.. In: 3° ENCONTRO NACIONAL ABRI 2011, 3., 2011, São Paulo. Proceedings online... Associação Brasileira de Relações Internacionais Instituto de Relações Internacionais - USP, Available from: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000122011000300049&lng=en&nrm=abn>. Acess on: 18 July. 2019.

Após as discussões acadêmicas da década de 1990, a retomada do debate sobre governança global talvez possa ser considerada um sintoma dos atuais rearranjos no xadrez internacional. Em tempos de redefinição das regras do jogo, é preciso rever o frame em si, as expectativas que ele carrega e seu significado sob a perspectiva do (ainda) principal ator, os EUA. De que tipo de governança está-se falando? Esse modelo conceitual é adequado em um sistema estatal altamente hierarquizado, com as mesmas estruturas de poder estabelecidas no Pós-Guerra e no qual as escolhas feitas pelos EUA afetam todos os demais? Neste artigo, propõe-se a revisão da respectiva literatura para entender as principais questões referentes ao tema. Se, por um lado, observa-se hoje maior participação e afirmação de novos atores não-estatais, o crescente debate sobre direitos humanos, ou o surgimento do G-20, percebe-se, por outro, a resistência ao diálogo do Norte com o Sul, as fragilidades na área ambiental e os riscos e desafios da interdependência econômico-financeira. Afinal, o unilateralismo norte-americano, o impacto mundial da crise de 2008, deflagrada nos EUA, e a inércia na agenda global de meio ambiente mostram que é longa a trajetória para um sistema mais cooperativo e consensual.

Keywords : Estados Unidos; W. Bush; Obama; Governança.

        · text in portuguese     · pdf in portuguese