3, v.3Perfil da política e instrumentos de comércio internacional dos BICs: China, Índia e BrasilQuando o particular desloca o universal: notas de teoria política internacional sobre a Crítica da Razão Pura índice de autoresíndice de materiabúsqueda de trabajos
Home Pagelista alfabética de eventos  

3° Encontro Nacional ABRI 2011


ISBN 2236-7381 versión impresa

Resumen

PIRES, Verônica Moreira dos Santos. O Brasil dos BRICS: mecanismos de compreensão acerca da condição de potência emergente no atual sistema internacional. In Anales del 3° ENABRI 2011 3° Encontro Nacional ABRI 2011, 2011, São Paulo (SP, Brasil) [online]. 2011 [citado 22 Junio 2024]. Disponible en: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000122011000300054&lng=es&nrm=iso> .

Se o acrônimo BRIC foi cunhado no início deste século pelo prestigiado Banco de Investimentos Goldman Sachs para designar as quatro economias que mais crescem no mundo e, portanto, os melhores destinos para o investimento estrangeiro, a saber: Brasil, Rússia, China e Índia, o desdobramento da notícia teve um impacto muito maior do que o previsto. Desde então, análises oriundas dos mais diversos campos de estudo, em geral negativas, não param de surgir. Nesse sentido, o presente artigo propõe uma análise, em perspectiva histórica, dos discursos e mecanismos de projeção de poder utilizados a partir do surgimento do Estado moderno e do sistema internacional inaugurado pelo mesmo, com ênfase no papel do Brasil na condição de potência emergente.

Palabras llave : sistema internacional; projeção de poder; potência emergente.

        · texto en portugués     · pdf en portugués